.posts recentes

. Cartaz A0

. Viveram felizes para semp...

. III Feira Vocacional

. Zona de construção não pe...

. Zona de Habitação

. Mapeamento das Propostas

. Como chegar a São Pedro d...

. Esquema de propostas

. Visita de Campo

. Novo Logo Do CCC

.arquivos

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

.tags

. todas as tags

Segunda-feira, 14 de Janeiro de 2008

Ah!!! Em que ano estamos?? 2008?!

Ninguém diria...
Visto que a nossa vila não mudou quase nada desde a altura em que os nossos pais eram jovens e por isso mesmo decidimos fazer uma critica ao desenvolvimento, ou melhor ao não desenvolvimento, desta terra.
            Quem vem de Viseu, para entrar na nossa vila, sim realmente isso modificou, mas infelizmente só a entrada é que alterou, pois o resto poucas mudanças teve. Temos o lenteiro do rio, um espaço convidativo para passar uma bela tarde em harmonia com a natureza, um pouco mais acima temos um espaço comercial (Hipermercado) que sim, também foi benéfico para a nossa população. De frente para o dito espaço comercial temos um terreno baldio que supostamente deveria de ser um hospital mas que até agora não passou de uma simples promessa do nosso presidente. A única coisa para a qual aquilo tem servido é de condomínio privado da etnia cigana.
            Vamos atravessar a vila. O que temos?
            Bem no centro, temos a cadeia que está agora desactivada. Para aproveitamento dessa área poderiam fazer uma praça ou algum espaço lúdico e adequado para a prática de algumas actividades pelos jovens, porque para estes não existe praticamente nada a não ser o pavilhão desportivo.
            O cine – teatro levou tantos anos a ser reconstruído e que utilidade é que ele tem agora? É só para pessoas com uma certa idade e com um nível económico considerável, pois os jovens não têm dinheiro neminteresse pelo tipo de programação apresentada. Para melhorar este facto podiam expor filmes recentes ou até mesmo estreias de forma atrair a juventude a frequentá-lo.
            Temos um shopping....onde? Ahh, aquele edifício que está perto do pavilhão desportivo que apenas tem um banco, um café, um cabeleireiro e escritórios da câmara? As lojas, que servem para o poder económico da nossa vila progredir, devem ser para o tempo dos nossos netos! Para tal situação a câmara poderia oferecer rendas mais económicas de modo a incentivar os comerciantes locais e os alheios.
            Numa das saídas da vila, a caminho das Termas muito conceituadas a nível europeu e até mundial (Termas de São Pedro do Sul) encontramos um novo espaço comercial, também benéfico para o desenvolvimento. Do outro lado da rua, não temos um terreno baldio mas sim uma estrutura inacabada, dando um aspecto desmazelado aos aquistas (visitantes das Termas) que nos vêm visitar pela primeira vez. Este tipo de estruturas deveriam estar localizadas numa zona industrial ou então com as obras acabadas e a sua função completamente implementada. Outra opção seria um parque de estacionamento, coisa que na nossa vila também pouco existe, fugindo assim às multas por mau estacionamento onde a GNR está com prontidão a penalizar os transeuntes.
        Nos dias de hoje, provavelmente já não se justifica haver apenas uma rua principal, atulhada de automóveis e sem qualquer alternativa, ou seja; veículos pesados que vêm de Viseu e de Castro Daire que se deslocam para a zona industrial ou para outros locais têm de passar pelo meio da vila, o que provoca por vezes demoradas filas de trânsito tornando difícil a circulação e sobretudo a respiração.Fizeram um projecto de uma nova variante para desviar o trânsito do centro da vila mas até agora só está construído numa “folha de papel”.
            Como será em 2009, 2010? Esperemos que melhor!
 
 
                                                       Patrícia Silva e Vanessa Manta
publicado por 12bccriativo às 12:48
link do post | comentar | favorito
free hit counter

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Links Importantes

blogs SAPO

.RSS feeders